Gerenciamento de pequenos negócios: 5 dicas de otimização

Gerenciamento de pequenos negócios: 5 dicas de otimização

Quem decide ter uma empresa, independente do tamanho, tem como uma das prioridades ser bem-sucedido e se manter em crescimento, seja ele monetário ou em número de clientes e filiais.

O que acaba passando despercebido, muitas vezes, é que uma administração impecável é a base para isso acontecer, principalmente quando falamos de gerenciamento de pequenos negócios.

É claro que gerenciar um empreendimento possui muitas variantes e desafios, além de ter que lidar com as questões internas (funcionários, financeiro, fornecedores, etc) e as externas (clientes, entregas, locações, etc).

Porém, com as ferramentas e práticas certas, essa rotina se tornará muito mais efetiva. Confira as 5 dicas que separamos para ajudar no gerenciamento de pequenos negócios!

1. Tenha objetivos bem definidos 

A rotina de uma empresa envolve muita correria. Entre escoler bons parceiros, gestão de funcionários e controle financeiro é normal, muitas vezes, funcionar no automático, apenas com a intenção de concluir aquilo que está sendo feito no momento.

Pode até não parecer, mas todas essas ações vão refletir de alguma maneira no futuro e sem um objetivo bem definido você pode estar gastando tempo com tarefas que não são uma prioridade. Penseonde você quer chegar e o que pode ser feito em curto, médio e longo prazo. Dessa forma, fica mais fácil montar um planejamento realista para o momento da sua empresa.

2. Monte uma equipe comprometida

O gerenciamento de pequenos negócios precisa contar com um time preparado e que vista a camisa da empresa. Busque por profissionais que realmente sejam capacitados para desempenhar o papel que você precisa. Entenda as necessidades de cada cargo e ofereça as condições fundamentais para que cada um dê o seu máximo. Lembre-se que motivação leva a comprometimento.

3. Saiba delegar tarefas 

É muito comum encontrar gerenciamentos de pequenos negócios que querem participar de todas as partes do processo. Mas já dizia o ditado popular: quem muito faz, nada faz. Aprender a delegar tarefas e a encontrar pessoas de confiança dentro do time que irão garantir a excelência do trabalho é fundamental para que cada parte do processo flua da melhor forma possível.

4. Não se esqueça do planejamento financeiro

No Brasil, de cada 10 empresas, 6 fecham antes de completar 5 anos, aponta o IBGE. Muito disso tem a ver com o fluxo de caixa e falta de planejamento financeiro por parte dos gestores.

Organize suas finanças e adote um sistema onde você consiga acompanhar de forma simples todos os valores gastos e ganhos.

5. Aposte na tecnologia como aliada no gerenciamento de pequenos negócios 

A tecnologia é uma poderosa ferramenta no gerenciamento de pequenos negócios. Isto porque hoje em dia é possível encontrar aplicativos que ajudam a otimizar processos que vão desde o financeiro até o atendimento ao cliente.

Utilizar aplicativos e programas como parte do gerenciamento também facilita o acompanhamento do que está sendo feito, deixando prática a missão de entender o que está dando resultado ou não.

O Buffet Mais, por exemplo, permite a realização de orçamento, controle de convidados e outras facilidades em qualquer lugar através do seu celular ou tablet. Quer saber mais? Entre em contato com a gente! 

Deixe seu comentário

comentários

Deixe um comentário

Facebook
YouTube
Instagram