4 dicas para elaboração de lista de compras para eventos

4 dicas para elaboração de lista de compras para eventos

O planejamento do buffet passa, diretamente, pelo cuidado que se tem em garantir que os eventos realizados permaneçam livres de imprevistos. E é aí que um eficiente controle da sua lista de compras pode vir a calhar, sabia?

Afinal de contas, é por meio da pontual aquisição de produtos que você investe o necessário, evita desperdícios — e prejuízos — e proporciona um serviço de altíssimo nível.

Quer saber, então, como você pode se beneficiar ao máximo de uma eficiente elaboração da lista de compras para o seu buffet? Siga com esta leitura e fique por dentro de 4 dicas sobre o assunto!

1. Priorize a organização

O processo de compras não pode ser feito com tanta antecedência, uma vez que você não sabe, precisamente, quanto vai precisar de cada produto para a realização de um evento.

Adquirir itens demais, para uma festa pequena, por exemplo, vai acarretar custos desnecessários para o seu planejamento. Na mesma proporção que a confiança em um estoque limitado, para eventos de grandes proporções, é um erro fatal.

A lista de compras, portanto, deve ser pensada em alinhamento a cada serviço que você prestar no seu buffet. Assim, você obtém um poder de negociação mais preciso com os fornecedores e não investe mais — ou menos — do que o necessário.

2. Invista em tecnologia

A lista de compras pode ser potencializada com o uso de um software de gestão que ajudem no controle de suas operações.

Por exemplo, esse tipo de solução tecnológica ajuda a:

  • compreender a maior entrada e saída de produtos do cardápio;
  • controlar o estoque;
  • avaliar o processo de compras de maneira mais otimizada, de acordo com a sua demanda.

Dados relevantes que ajudam, inclusive, a moldar os seus serviços para atender cada vez mais as preferências do seu público-alvo.

3. Tenha tudo devidamente registrado

É inegável que, na composição de uma lista de compras, você vai ter que lidar com todos os registros para saber, de fato, para onde foi o seu investimento. Isso inclui:

  • um mapa de suas cotações de preços;
  • as ordens de compras efetuadas;
  • as notas fiscais de cada compra;
  • o acompanhamento de cada compra.

Vale, ainda, ter em combinação o software de gestão para o cadastro de produtos. Isso ajuda a identificar as entradas e saídas e se organizar de maneira antecipada, e com base no seu histórico de eventos.

4. Conheça o perfil do consumidor

Pode parecer que, diretamente, esse tópico não se relaciona com uma eficiente elaboração de lista de compras. Acontece que tem muito valor, sim.

E sabe por quê? Por meio da análise de perfil do seu público-alvo é possível gerar insights para pensar em uma lista de compras que seja utilizada de ponta a ponta. Sem desperdícios ou ingredientes estocados por tempo demais.

Não se esqueça, portanto, de manter o investimento em ações de pós-venda, por exemplo, para entender como anda o seu alinhamento com as exigências do seu consumidor.

Quer saber, agora, como você pode usar a lista de compras estrategicamente e agregar muito mais valor ao planejamento de eventos no seu buffet? Então, continue navegando em nosso blog em busca de muitas outras dicas e novidades!

Deixe seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram