6 formas de reduzir custos no meu buffet

6 formas de reduzir custos no meu buffet

Seja por conta da crise econômica, que ocasionalmente dá as caras no país, ou para otimizar o orçamento, é importante saber como reduzir custos no buffet.

Afinal de contas, quando não há um monitoramento efetivo do próprio negócio, a tendência é que os gastos sejam maiores do que o esperado. Pode ser uma negociação falha com um fornecedor, um cálculo a mais — ou a menos — no orçamento de um evento… Isso tudo deve estar no radar do empreendedor.

Por isso, neste post vamos avaliar seis formas de reduzir custos no buffet, ajudando a fortalecer ainda mais o seu empreendimento. Confira!

1. Negocie condições melhores

Como anda a sua relação com os fornecedores? Faça um raio-x do mercado e avalie a média praticada e o quanto você está investindo nessa parceria.

Em seguida, compare com os seus dados e verifique a possibilidade de obter melhores condições de entrega ou pagamento. Assim, você evita imprevistos, na condução dos eventos, e ainda corta um custo aqui e outro ali enquanto planeja os próximos projetos.

2. Use a tecnologia para reduzir custos

Por meio de um software de gestão é possível reduzir custos, sabia? Afinal, esse tipo de solução coloca todo o controle do buffet na palma da sua mão.

Você pode integrar dados, por exemplo, e verificar o momento ideal para renovar o estoque — e em qual quantidade e periodicidade. Assim, você investe na medida certa, sem que isso aconteça em horas indevidas — como um período de contenção.

Sem falar nos relatórios que agilizam — e facilitam — a tomada de decisão para traçar metas em curto, médio e longo prazo.

3. Crie um sistema de confirmação de presença dos convidados

Modalidade muito presente nos melhores softwares de gestão, a confirmação de presença dos convidados garante um cálculo mais preciso para a realização de eventos.

Com isso, o seu negócio não tem imprevistos e o seu cliente também não arca com despesas extras. Algo que valoriza ainda mais a sua marca e fortalece a sua reputação no mercado.

4. Economize nas contas do dia a dia

Hora de checar as contas: compare-as, ao longo dos meses, e verifique se ocorreu um aumento exponencial no consumo — e por quê.

Dessa maneira, você consegue reduzir custos com uma simples conscientização do que tem gerado mais gastos, e contornando tais situações.

É sempre possível, também, investir em tecnologias que facilitem isso, como timers e temporizadores para interruptores e torneiras.

5. Planeje o seu estoque

Além da tecnologia, o controle interno também deve ser praticado para manter o estoque em dia. Isso porque a sua equipe tem um contato íntimo com os produtos usados, e é importante avaliar o quanto essa relação tem sido desperdiçada ou usada de maneira estratégica.

Além, é claro, de considerar a lista de compras e as sobras de cada evento. São dados que, acumulados, se transformam em insights para uma tomada de decisão planejada e que contribua, ativamente, para você reduzir custos no buffet sem perder em qualidade.

6. Conscientize a sua equipe

Por fim, reúna-se com a sua equipe e repasse os problemas identificados. Se o consumo de energia e água estão elevados, faça campanhas de conscientização. Se há muito desperdício de matéria-prima, capacite-os para usar os recursos com parcimônia.

Dessa maneira, você lapida a sua equipe, tem benefícios palpáveis com os treinamentos aplicados e, ainda, consegue reduzir custos no buffet.

Quer saber mais a respeito? Então, continue navegando em nosso blog para acompanhar as nossas dicas e novidades!

Deixe seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram